Blog promocional do portal www.sapo.ao
10.8.08

    Das águas que o rino escolhe

    da pedra a que o vento encosta

    do unto a que o tempo obriga



    dos sais que a estação abriga

    do pasto a que o gado aspira

    da lua em que o vento vira



    Não há pastor que não saiba.



    Não há pastor que não saia de alguma curva da infância.



        (1988, Hábito da terra)


 


Poema de Ruy Duarte de Carvalho, encontrado aqui.

link do postPor sapo equipa, às 21:28  comentar

 

 
pub
feedback
I love your posts! I would rather appreciate if yo...
lhe mereceu mesmo morrer pobre e deixar a família ...
Não consigo de enviar o mail neste endereço electr...
Posts populares
arquivo
blogs SAPO